BDMG oferece financiamentos na área de saúde

Com o avanço do novo coronavírus, os pequenos e médios empresários do país começaram a sentir de fato, os primeiros efeitos da pandemia. Por isso, o governo vai investir 147 bilhões de reais na economia nos próximos meses, além de adotar medidas para proteger o cenário de saúde pública do país. 

Diante desse cenário, o BDMG, Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, lançou três linhas de crédito com condições específicas para as empresas no estado de Minas Gerais, a fim de proteger o setor de saúde. Para as micro e pequenas empresas, com o faturamento até 4,8 milhões de reais, será oferecido um produto com juros à partir de 0,83% ao mês, com prazo de pagamento de até 48 meses e até seis meses de carência. Já para as empresas que faturam entre 4,8 milhões e 30 milhões de reais, as taxas permanecem à  0,83% ao mês indexadas à Selic, mas com prazo de até 60 meses e carência de até seis meses. Para aquelas empresas que tiverem faturamento superior à 30 milhões, serão oferecidos taxas de juros diferenciadas, variando de acordo com o tipo de cliente, com prazo de até 60 dias e carência de 18 meses. Juntas, as linhas somam 500 milhões de reais em crédito. 

Compartilhar